El enlace fue enviado a su email.

No se pudo enviar el enlace a su email. Por favor, verificar su correo electrónico.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Ayuda en línea

GEO5

Tree
Settings
Producto:
Programa:
Idioma:

Ensaio de Sondagem à Percussão (SPT)

O resultado obtido a partir do ensaio de sondagem à percussão (SPT) é o número de pancadas N (resistência à penetração) necessárias para penetrar o dispositivo no solo ou rocha, no intervalo de profundidade de penetração d [m]. O valor deste parâmetro é correntemente assumido como igual a 0.3 m. Este valor pode ser alterado em alguns casos.

O número de pancadas N registado durante o ensaio SPT está correlacionado com a razão de vários instrumentos de teste e com a influência do peso de sobrecargas em areias. O valor corrigido (correlacionado) N60 é utilizado nos cálculos.

O número correlacionado de pancadas N60 é calculado através da seguinte equação:

onde:

Er

-

rácio energético do instrumento de teste [%]

N

-

número de pancadas registadas durante o ensaio SPT [-/0.3m]

CN

-

correlação para a tensão vertical [-]

λ

-

correlação do usuário [-]

O rácio energético do instrumento de teste Er [%] representa o rácio entre a energia real Emeas e a energia calculada Etheor do ariete. Não é necessário utilizar a correlação para um instrumento SPT padrão (Mohr), porque a sua eficiência é 60 % e a correlação é realizada para este valor (os valores registados durante a sondagem SPT são utilizados).

A correlação CN para a tensão vertical σ'V representa a influência do peso da sobrecarga em areias. Os valores do fator de correção CN superiores a 1.5 não devem ser utilizados (de acordo com as recomendações de EN ISO 22476-3).

Tabela de tipos de correlações

Tipo

Tipo de consolidação

Compacidade relativa lp [%]

Fator de correlação CN

Tipo 1 - EN ISO 22476-3 (Tab. A2)

Normalmente consolidado

40 - 60

Tipo 2 - EN ISO 22476-3 (Tab. A2)

60 - 80

Tipo 3 - EN ISO 22476-3 (Tab. A2)

Sobreconsolidado

-

Tipo 4 - EN ISO 22476-3

Areias normalmente consolidadas

-

Tipo 5 - FHWA (1998), Peck (1974)

-

-

onde:

σ'V

-

tensão vertical efetiva

A correlação do usuário λ [-] representa a perda de energia devido ao comprimento do sistema de varões, do impacto do diâmetro do furo ou da influência do instrumento de teste.

Os resultados das sondagens SPT são apresentados num gráfico. A avaliação dos ensaios de penetração são utilizados como parâmetro a introduzir para as análises dos programas "Microestaca" e "Sapata via CPT" e para a modelação estratigráfica do programa "Estratigrafia".

As sondagens SPT podem ser importados para o programa como ficheiros .txt.

O nome da sondagem SPT e o deslocamento vertical em relação à origem devem ser introduzidos na caixa de diálogo "Novo ensaio de campo". No programa "Estratigrafia", é necessário introduzir as coordenadas x, y, z.

O número de pancadas é introduzido na tabela.

Caixa de diálogo "Novo ensaio de campo"

Bibliografia:

EN ISO 22476-3: Geotechnical investigation and testing - Field testing. Part 3: Standard penetration test, 2005.

Roy E. Hunt: Geotechnical Engineering Investigation Handbook, Second Edition (CRC Press, 2005)

Pruebe GEO5.
Gratis y sin restricciones en el análisis.