El enlace fue enviado a su email.

No se pudo enviar el enlace a su email. Por favor, verificar su correo electrónico.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Ayuda en línea

GEO5

Tree
Settings
Producto:
Programa:
Idioma:

Ensaio Pressiométrico (PMT)

O ensaio pressiométrico (PMT) consiste numa sonda pressiométrica colocada no solo testado com adição gradual de água. A dilatação consequente do solo ou rocha em volta do furo é determinada em função do volume de água, com o aumento de pressão que é gradualmente aumentado em intervalos de tempo definidos à priori.

O ensaio pressiométrico fornece os seguintes parâmetros em função da profundidade z [m]:

  • módulo pressiométrico (Menard) Em [MPa] - obtido a partir do ensaio pressiométrico e depende do tipo de bainha da sonda (manga de borracha, invólucro pré-forrado).
  • pressão limite pLM [MPa] - representa um incremento de pressão hidrostática na sonda de teste, dependente da alteração de volume do solo ou rocha.

Os resultados dos ensaios PMT são apresentados num gráfico. A avaliação dos ensaios pressiométricos (PMT) são utilizados como parâmetro a introduzir para as análises dos programas "Verificação de Contenções", "Estaca Anti-Deslizante", "Microestaca" e "Sapata via CPT" e para a modelação estratigráfica do programa "Estratigrafia".

Os ensaios PMT podem ser importados para o programa como ficheiros .txt.

O nome do ensaio PMT e o deslocamento vertical em relação à origem devem ser introduzidos na caixa de diálogo "Novo ensaio de campo". No programa "Estratigrafia", é necessário introduzir as coordenadas x, y, z.

A pressão limite pLM e o módulo de Menard Em são introduzidos na tabela.

Caixa de diálogo "Novo ensaio de campo"

Bibliografia:

EN ISO 22476-4: Geotechnical investigation and testing - Field testing. Part 4: Menard pressuremeter test, 2005.

Roy E. Hunt: Geotechnical Engineering Investigation Handbook, Second Edition (CRC Press, 2005).

Pruebe GEO5.
Gratis y sin restricciones en el análisis.