El enlace fue enviado a su email.

No se pudo enviar el enlace a su email. Por favor, verificar su correo electrónico.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Ayuda en línea

GEO5

Tree
Settings
Producto:
Programa:
Idioma:

Ensaio Dilatométrico (DMT)

O ensaio dilatométrico (DMT) é realizado com recurso a um dilatómetro que opera de acordo com o princípio de verificação de valores ao utilizar os deslocamentos dos sensores indutivos (com uma sensibilidade até 0.001 mm). A vantagem destes ensaios é uma descrição mais exata do deslocamento e deformação do solo de fundação.

Esquema geral de um ensaio dilatométrico (fonte: [1], Figure 2, pp. 10)

Os resultados dos ensaios DMT são apresentados num gráfico. A avaliação dos ensaios dilatométricos (DMT) são utilizados como parâmetro a introduzir para as análises dos programas "Sapata", "Verificação de Contenções" e "Estaca Anti-Deslizante" e para a modelação estratigráfica do programa "Estratigrafia".

Os resultados dos ensaios dilatométricos (DMT) são importados para os programas através de ficheiros em formato UNI (*.uni). É um formato padrão e universal para a importação de dados medidos a partir de ensaios dilatométricos, utilizado em todo o Mundo.

O nome do ensaio DMT e o deslocamento vertical em relação à origem devem ser introduzidos na caixa de diálogo "Novo ensaio de campo". No programa "Estratigrafia", é necessário introduzir as coordenadas x, y, z.

O módulo de solo constrangido MDMT é introduzido na tabela.

Caixa de diálogo "Novo ensaio de campo"

Bibliografia:

Marchetti, S., Monaco, P., Totani, G. & Calabrese, M.: The Flat Dilatometer Test (DMT) in soil investigations. A Report by the ISSMGE Committee TC16, University of L'Aquila, Italy, 2001, 48 p.

Roy E. Hunt: Geotechnical Engineering Investigation Handbook, Second Edition (CRC Press, 2005)

EN ISO 22476-11: Geotechnical investigation and testing - Field testing. Part 11: Flat dilatometer test

Pruebe GEO5.
Gratis y sin restricciones en el análisis.